Empreendedoras, por que é que algumas ideias pegam e outras não?

Conheça seis princípios que explicam o porquê algumas ideias colam e decolam mais rapidamente.


Olá empreendedora, você consegue ter foco e colocar em pratica suas criações e ideias, navegar no plano das ações e concretizações?


Um dos temas que sempre vêm em pauta nas sessões com empreendedoras aqui no Instituto Voo das Borboletas é este: o sufoco de quem tem muitas ideias mas sente dificuldade de focar;

Mas e você, já parou para pensar por que afinal de contas algumas ideias pegam e outras não? Você é criativa? Empreendedora? Ou está namorando fazer uma transição de carreira?

Então você já teve pelo menos uma “ideia genial” para um novo produto ou nova atuação, talvez, até sonha e se vê contando sua nova ideia para o mundo. Certo? Pois então, você como eu, sabe muito bem como é o mundo das ideias, e eu posso te afirmar: precisei aprender através de muita persistência a tirar do papel minhas ideias e trazer para o mundo real; E te digo: é umas das experiências mais ricas que estou vivenciando, pois, nos pede muita evolução pessoal, muita determinação e coragem para sustentar estas ideias que temos e que fazem total sentido.

Desenvolver uma ideia de negócio ou nova atuação leva tempo, esforço, trabalho, e sim, trabalho duro, muito duro, e uma hora você vai questionar uma coisa que quando a ideia veio a sua cabeça, parecia impensável: essa ideia é boa mesmo? Realmente boa? Vale a pena investir? Ela pega? Afinal de contas por que é que algumas ideias pegam e outras não?