A libertação do passado

Este final de semana estive fazendo uma faxina em todos os sentidos, aproveitando o momento da lua balsâmica em virgem, para limpar geral algumas questões do passado, traumas, bloqueios e outros sentimentos que ainda persistiam.





Entre revirar e liberar caixas com fotos, cds, dvds, cartões, e presentes antigos também aproveitei a vibe para limpar armários e roupeiros, tirei das prateleiras roupas que nem foram usadas, e outras que ja não se encaixam na Elis atual, sapatos que usei em algum momento na estrada da vida mas que agora nos novos caminhos eles ja não combinam ou dificultam as novas formas de caminhar...


Lembro que no sábado a tarde imersa a todas coisas bateu uma canseira, uma exaustão total e precisei parar para continuar no outro dia, e percebi o quanto ainda carregar velhas coisas, dentro e fora me traziam pesos e até mesmo algumas atrapalhações na caminhada, meu coroo doía, por dentro e fora, em momentos queria me liberar de tudo e em outros pensava: não vou jogar fora, posso precisar ( perceba o medo da falta ainda intrínseco) como uma boa taurina, o apego ainda faz parte.