O caminho quádruplo feminino

Uma das lindas sabedorias que sempre me apoia nas dinâmicas de autoconhecimento e desenvolvimento nos trabalhos com as meninas são os estudos do caminho quádruplo feminino, que representam quatro arquétipos, atitudes e caminhos que conduzem à plenitude se forem estimuladas, pois elas já existem dentro de nós.

Eu penso que é como se tivéssemos quatro guardiões ou guardiãs, como personagens no nosso interior que quando os evocamos, cada um traz uma força particular, algo como anjos ou divindades. Eu amo usar estes arquétipos em grupo nos treinamento de mulheres.

Estas sabedorias vem das tradições xamânicas que recorriam ao poder dos quatro arquétipos para viver em harmonia e equilíbrio com o meio ambiente e a própria natureza interior:

Hoje resolvi trazer aqui para você conhecer um pouco mais:

A Guerreira, a Curadora, a Visionária e a Mestre

Ou ainda....

A Donzela, a Mãe, a Feiticeira e a Anciã

Esses arquétipos se lastreiam nas raízes míticas mais profundas da humanidade e nós também podemos ter acesso a sua sabedoria. Quando aprendermos a viver esses arquétipos internamente, começaremos a recuperar nosso poder pessoal e o nosso fragmentado universo.